16 agosto 2008

A vez das cozinhas!


Fonte: www.casa.com


Na hora de projetar uma cozinha diversas informações são necessárias: quantas pessoas moram na casa? Costumam cozinhar em casa? Quem cozinha, empregada? Donos da casa? Deve-se também tomar cuidado com a posição da cozinha na residência,esta deve estar próxima da copa e sala de jantar e também da lavanderia. Boa ventilação, muitas tomadas, cuidados com a iluminação (claridade, lâmpadas apropriadas que não modifiquem a cor dos alimentos ...), circulação livre: tirar alimentos da geladeira, colocá-los na pia e no fogão sem móveis atrapalhando. Os utensílios devem estar a mão para que não comprometa a excução dos pratos.

Fonte: www.casa.com
Desta forma deve-se aliar a rotina da família, com a funcionalidade e beleza da cozinha.


Fonte: Viver Bem Online


Projeto: Zize Zink

Antigamente as cozinhas faziam parte da área de serviço das casas, ficavam nos fundos, escondidas, hoje cada vez mais invadem a área social. Muitas residências possuem 2 cozinhas, uma para ser utilizada no dia a dia e outra, gourmet, utilizada apenas pelo dono ou dona da casa com seus objetos pessoais, própria para receber amigos e familiares.

Projeto: Kitchens

Projeto: Dell Ano
De acordo com Marcelo Rosenbaum: "A cozinha é um dos ambientes da casa que mais evoluem. É o lugar onde as pessoas se permitem ousar".

Fonte: www.casa.com

Na história das cozinhas, os anos 60 e 70 foram marcados por cozinhas com cores quentes e fortes, como vermelhos, laranjas e amarelos, usados nos eletrodomésticos, azulejos florais e fórmicas.


Cozinha anos 60 e 70


Nos anos 80 aparecem os materiais brutos como o cimento e a madeira (mogno, imbúia).
Cozinha anos 80
Já os anos 90 trazem a ausência de cor, as cozinhas totalmente brancas são o sonho das donas de casa, com um total aproveitamento de espaço, surgem com força total, os móveis planejados, utilizando cada canto, cada curva do ambiente.


Cozinha anos 90

As novas cozinhas aliam a praticidade e linhas retas com a tecnologia e mistura de materias.

Fonte: www.casa.com


Fonte: Viver Bem Online

Nas bancadas tem-se:
- os granitos, que são sempre uma boa escolha, com pouca porosidade, resistência e fácil manutenção;


- o mármore também é usado apesar de manchar com facilidade;

Fonte: Viver Bem Online
- o inox, além da beleza e modernidade, promove a união do tampo, cuba e frontão sem emendas, tudo em uma única peça. Contudo está sujeito a riscos e manchas, por isso o escovado possibilita uma melhor escolha.

Bancada inox Tramontina com escorredor e cooktop


Bancada inox


- Corian com pouquíssima porosidade e infinitas cores;


Projeto: Arquiteta Paula Gambier


Projeto: Formaplas

- Granitos sintéticos, resinas, pó de mármore, que apesar de não riscarem precisam de mão de obra especializada.
Atualmente as cozinhas envolvem muitas escolhas, as opções de revestimentos, eletrodomésticos e materiais são inúmeras daí a necessidade da escolha de bons profissionais que auxiliem seus clientes na escolha mais apropriada ao seu estilo de vida e boas lojas e marcenarias que executem um bom projeto com qualidade e durabilidade.

Fonte: Viver Bem Online



Fonte: Arquitetura e Construção, 10/2004.

Você também pode gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...